quarta-feira, abril 14, 2010

Curiosidades sobre lagartos

Curiosidades sobre lagartos

Os lagartos podem ser facilmente encontrados espichados ao sol. Mas, se o calor é demais, uma sombrinha também é bem-vinda. Até hoje, os cientistas já identificaram mais de 3 mil espécies de lagartos. Eles estão espalhados por várias partes do mundo, mas têm certa "quedinha" por lugares quentes. Isso porque – como todos os répteis – os lagartos são animais pecilotérmicos, ou, como são mais conhecidos, de sangue frio. Para manter a temperatura do corpo, eles precisam se aquecer com a ajuda dos raios solares. As poucas espécies que vivem em lugares com inverno muito frio precisam hibernar. De preferência em uma toca bem quentinha embaixo da terra.
A locomoção dos lagartos é uma das coisas que mais chamam a atenção dos pesquisadores. A maioria se locomove por terra – alguns atingindo velocidades incríveis –, mas também existem aqueles que preferem outras maneiras. Alguns lagartos gigantes da Indonésia costumam nadar entre uma ilha e outra.Já o basilisco, na água, pode correr a uma velocidade de 1,5 metros por segundo durante aproximadamente 4,5 metros antes de afundar e começar a nadar.Os dragões-voadores, encontrados no sudeste da Ásia, são capazes de saltar de uma árvore para outra como os esquilos-voadores.Mesmo os que andam apenas no solo, gostam de surpreender: o lagarto conhecido como geco, assim como as lagartixas, caminha de cabeça para baixo em tetos, telhados e até mesmo vidraças.O lagarto franjado da Austrália corre levantando a parte dianteira de seu corpo e movimentando-se com as pernas traseiras.Os lagartos não possuem veneno. As únicas exceções são o Gila monster, encontrado no sudoeste dos Estados Unidos e no norte do México, e seu parente próximo, o lagarto-de-contas, que vive no México.Por isso, esses animais desenvolveram outras maneiras de se defender. Alguns, como a iguana, preferem os métodos tradicionais: morder e bater com a cauda.Outros empregam métodos mais "sutis". A cobra-de-vidro – que, apesar do nome, é um lagarto – não pensa duas vezes antes de desprender a cauda do corpo em caso de ataque e fugir para um lugar seguro. Algum tempo depois, a cauda se regenera.Já o australiano Chlamydosaurus kingii, quando se sente ameaçado, empina-se sobre as pernas traseiras e abre um grande "leque" em volta do pescoço. Escancara a boca o mais que pode e assobia, tentando parecer mais feroz do que realmente é.O lagarto de língua azul possui uma característica muito peculiar. Sua língua é azul e serve como defesa de ameaças de predadores como aves de rapina e grandes serpentes, pois quando ameaçado, abre a boca mostrando sua língua colorida, e como na natureza cores fortes quase sempre representam perigo, os predadores podem sentir-se acuados.Um dos lagartos mais famosos, o camaleão, é capaz de mudar de cor de um momento para o outro, só para se esconder de seus inimigos.
Mais algumas curiosidades

• O maior lagarto conhecido é o dragão de Komodo, que vive na pequena ilha de Komodo, na Indonésia. Pode atingir até 3 metros de comprimento e pesar 140 quilos.

• Já o menor lagarto do mundo é o Jaragua spahero, que tem apenas 1,6 centímetro.

• Muitos lagartos costumam desprender a cauda em caso de perigo. Até mesmo aquela inofensiva lagartixa que de vez em quando aparece em casa. E, na maior parte dos casos, a cauda se regenera pouco depois.

• Os lagartos necessitam de muito menos comida do que animais de sangue quente do mesmo tamanho. Quer um exemplo? Um pássaro come em um dia a mesma quantidade de insetos que um lagarto do mesmo peso come em cinco semanas.


Logo abaixo, um verdadeiro show com fotos de lagartos.

Fonte: Klick Educação

2 comentários:

blogdonurof disse...

Post Incrível, parabens!

Anônimo disse...

adoro lagartos muuuito bom msm :)